quarta-feira, 23 de maio de 2012

Retiro Filosófico




-Uma luz brilha através de minha janela
Apesar de ser meia-noite
eu sei que é em vão,
Um espirito poderoso e ativo
Procurar consolação em seu retiro
O homem de inteligencia aguçada,
Tem ao menos nas letras
Um alimento a sua vontade,
Quando se ve privado de ação.
As vezes,o pensamento se lança
Fora da sua esfera natural.
Antes do declinio desta lua
E sem as lágrimas salgadas
De uma realidade evidente
O túmulo se torna contende,
Acalmando um coração indeciso...
Vejo,tão longe quanto a vista pode alcançar
Os vastos dominios da morte
Majestosa anfitriã,
Que faz do rio da minha vida
Um pantano estagnado....

Um comentário:

Wesley Emiliano disse...

um pouco de minhas sombras
http://doceturvoamargurado.blogspot.com.br/